agendamento de consulta

Afinal, o que é bebê de proveta? Entenda!

Afinal, o que é bebê de proveta? Entenda!

Afinal, o que é bebê de proveta? Entenda!
Avalie esse artigo:

A fertilização in vitro (FIV) é o tratamento que permite gerar um filho para milhares de mulheres que sofrem com a própria infertilidade ou que têm parceiros com problemas de fertilidade. E essa técnica é conhecida como bebê de proveta.Há ainda muitas dúvidas sobre o que é bebê de proveta, como ele é gerado, quais os riscos envolvidos e para quem é indicado, mesmo não sendo um tema recente.

Quer saber mais sobre o assunto? Então continue a leitura!

Afinal, o que é bebê de proveta e como funciona?

O nome bebê de proveta ficou popular em 1978, quando o primeiro bebê gerado por FIV veio ao mundo. A pequena Louise Brown nasceu de cesariana e deu início a uma nova era na reprodução humana, oferecendo chances às mulheres que acreditavam que nunca poderiam gerar seus próprios filhos.

A técnica foi desenvolvida pelo cientista Robert Geoffrey Edwards e pelo médico Patrick Steptoe, e consiste na retirada dos óvulos do corpo da mulher, após um período de estimulação ovariana, e do esperma do homem para que o óvulo seja fecundado em laboratório, embriões sejam formados e transferidos para o útero, onde poderão se desenvolver e implantar.

Em inglês a técnica teve o nome popular de “test tube baby”, que quer dizer bebê de tudo de ensaio. Quando passado para o português, foi traduzido como bebê de proveta.

Diversas outras técnicas foram derivadas da FIV. Uma das mais utilizadas é a Injeção Intracitoplasmática de Espermatozoide (ICSI). A diferença está no modo como o espermatozoide penetra no óvulo. Em ambos os procedimentos, o profissional manipula manualmente o material. No entanto, na FIV com ICSI, é feita a micromanipulação dos gametas com equipamentos específicos e um único espermatozoide é injetado dentro do óvulo. Na FIV clássica, vários espermatozoides são colocados em torno do óvulo para que um deles consiga penetrá-lo.

Para quem o tratamento é indicado?

Inicialmente, a FIV foi indicada para casais com obstrução tubária. A ICSI, por outro lado, foi descrita para infertilidade masculina, como baixa qualidade do sêmen, dificuldade de o espermatozoide chegar ao óvulo ou baixo número de espermatozoide.

Com a evolução da técnica, melhoria dos resultados, facilidade em se realizar e diminuição dos custos, o tratamento se expandiu para todas as indicações, como endometriose, problemas nas trompas, fator masculino leve, falha em outros tratamentos, idade da mulher avançada ou infertilidade sem causa aparente.

Quais são os riscos dessa técnica de reprodução?

Muito se evoluiu na área de reprodução humana. No entanto, existem alguns riscos que devem ser levados em consideração pelo casal que escolhe a FIV.

As mulheres que se submetem ao tratamento também podem desenvolver a Síndrome de Hiperestimulação do Ovário (SHO). O risco é de aproximadamente 1 para cada mil mulheres.

O outro risco é de gravidez gemelar, que está em torno de 5%, dependendo da idade da mulher.

Agora que você já sabe o que é bebê de proveta, como é feita a FIV e quais são os seus riscos, curta nossa página no Facebook e saiba mais sobre outros assuntos!

Avalie essa postagem:

Afinal, o que é bebê de proveta? Entenda!
Avalie esse artigo:

Compartilhe:

Tags:

Categorias:


ÚLTIMAS DO BLOG Ver todos os posts
Mito ou verdade: café pode provocar aborto?

Mito ou verdade: café pode provocar aborto?Avalie esse artigo: Durante a gravidez, ou até mesmo no preparo para a concepção, é comum que as futuras mães busquem uma alimentação mais balanceada e saudável, evitando substâncias que possam prejudicar a evolução da gestação e […]

Leia mais

Este post foi visto 112 vez(es).

Vitaminas e fertilidade masculina: conheça 4 que podem auxiliar

Vitaminas e fertilidade masculina: conheça 4 que podem auxiliarAvalie esse artigo: Os espermatozoides são produzidos nos testículos. O processo de produção e maturação demora cerca de 70 dias. Eles possuem algumas características específicas que são essenciais para sua qualidade e para a fertilidade. […]

Leia mais

Este post foi visto 109 vez(es).

Descubra o que é a síndrome de Klinefelter

Descubra o que é a síndrome de KlinefelterAvalie esse artigo: Pouco conhecida, a síndrome de Klinefelter está entre as causas de infertilidade masculina. Trata-se de uma alteração genética caracterizada pela presença de um cromossomo X extra no par sexual. Ou seja, […]

Leia mais

Este post foi visto 105 vez(es).

Faça seu agendamento

Proporcionamos um atendimento exclusivo exatamente como você merece.

AGENDE SUA CONSULTA
ENTRE EM CONTATO

Alguma dúvida sobre fertilidade?
Fale conosco