Fechar

Selecione uma unidade para enviar um Whatsapp:

Belo Horizonte - (31) 99650-0786 Juiz de Fora - (32) 98888-2776 Governador Valadares - (33) 98866-1706 Rio de Janeiro - (21) 99566-1850 Manhuaçu - MG - (33) 98855-0015

agendamento de consulta

Unidade Belo Horizonte | +55 (31) 2102-6363

Azoospermia

Azoospermia

A azoospermia, ausência absoluta de espermatozoides no sêmen ejaculado, constitui uma das principais causas de infertilidade. De 15% a 20% dos homens com problemas de infertilidade e de 1% a 2% de todos os homens apresentam azoospermia.

Classificações de azoospermia

A  azoospermia pode ser classificada em obstrutiva e não obstrutiva, veja as diferenças:

Obstrutiva

É provocada por processos congênitos ou adquiridos que obstruem as vias de drenagem do fluido testicular.

Os processos obstrutivos congênitos decorrem das anormalidades do desenvolvimento normal do trato reprodutivo, levando a quadros como as agenesias do canal deferente e vesículas seminais e as aplasias, que é o desenvolvimento parcial do órgão.

Já os processos adquiridos são consequências, em especial, de vasectomia, traumas, infecções e como complicações de determinadas cirurgias, como a hidrocelectomia e herniorrafia inguinal.

Não obstrutiva

É provocada por processos que levam à falência na produção espermática pelos testículos. Esta falência que pode ser primária, quando for resultado de processos intrínsecos ao testículo, ou secundária, quando for consequência de alterações externas aos testículos.

É sempre de fundamental importância uma adequada avaliação dos homens com azoospermia para avaliação de possível tratamento e reversão do quadro.

Nos casos em que essas patologias não podem ser tratadas com cirurgia nem com tratamento clínico, recomenda-se a utilização de alguma técnica de extração espermática para posterior realização da ICSI.

Caso sejam recuperados espermatozoides de pacientes com quadro de azoospermia (obstrutiva ou não obstrutiva), o único tratamento de reprodução assistida a ser realizado será a ICSI.

Nos casos de azoospermias obstrutivas, encontram-se espermatozoides em praticamente todos os pacientes submetidos a uma técnica de extração espermática. Nos casos de azoospermias não obstrutivas, encontram-se espermatozoides em aproximadamente 50% dos casos.

Compartilhe:

Deixe um comentário

  Se inscrever  
Notificação de
Faça seu agendamento

Proporcionamos um atendimento exclusivo exatamente como você merece.

AGENDE SUA CONSULTA
ENTRE EM CONTATO

Alguma dúvida sobre fertilidade?
Fale conosco