agendamento de consulta

Estimulação ovariana

Estimulação ovariana

Estimulação ovariana
Avalie esse artigo:

A estimulação ovariana é um procedimento que tem por objetivo elevar as chances de sucesso dos tratamentos de infertilidade, pois estimula vários folículos a crescerem e com isso aumenta o numero de óvulos disponíveis para serem fecundados e formarem embriões com capacidade de implantação. O especialista em fertilidade é o responsável por planejar uma forma controlada e segura de estimulação ovariana, indicando a dosagem hormonal ideal que a mulher deve receber.

O processo de ovulação natural e sob efeito da estimulação

Cada folículo ovariano contem um óvulo em seu interior. Durante cada ciclo menstrual, que é controlado pela ação dos hormônios da hipófise e dos ovários, diversos folículos estão prontos se desenvolverem, entretanto, somente um folículo segue seu crescimento até romper (ovulação) e liberar o óvulo.  Os demais folículos que não cresceram são perdidos.

A estimulação ovariana faz com que vários folículos, que seriam perdidos, cresçam e tenham seus óvulos aproveitados, fazendo com que mais embriões sejam formados, aumentando a chance de gravidez.

A estimulação ovariana é realizada utilizando-se hormônios semelhantes aos produzidos no ciclo natural, porem em maior dose, sendo que a dose é individualizada de acordo com cada paciente e sua resposta.

O acompanhamento da resposta ovariana à estimulação é feito por ultrassonografia e dosagem hormonal. Esse acompanhamento permite ver o crescimento dos folículos e com isso ajustar a dosagem dos hormônios administrados. Permite também saber o momento ideal para administrar o hCG, para induzir o amadurecimento dos óvulos e a ovulação.

No caso de se fazer o tratamento com coito programado e inseminação intra-uterina, o hCG serve para induzir a rotura dos folículos. No caso de FIV/ICSI, serve para induzir o amadurecimento dos óvulos que serão captados durante a punção folicular (aproximadamente 35 horas apos a injeção).

O que é Síndrome de Hiperestímulo Ovariano (SHO)?

Trata-se de uma reação adversa estimulação ovariana, ocorrendo em mulheres que tem uma resposta ovariana excessiva (mais de 20 folículos). Essa resposta excessiva está acompanhada de uma produção de estrogênio muito alta e quando entra em contato com o hCG, provoca as reações adversas. As mais comuns são o aumento do ovário e o acúmulo de líquido na região do abdômen.

Quando acontece a SHO, deve ser acompanhada pelo especialista responsável pela estimulação pois necessita tratamento especializado.

O melhor, entretanto, é se evitar a SHO. Para isso, basta se evitar o contato do hCG com os níveis muito elevados de estrogênio. Assim, mulheres que tenham mais de 20 folículos não devem usar o hCG, mas sim análogos do GnRH para induzir o amadurecimento dos óvulos.

Além disso, a gravidez não pode acontecer nesse ciclo, pois o hCG é produzido pelo saco gestacional. Assim, todos os embriões formados são congelados (Freeze All) e transferidos no mês seguinte, quando não houver mais o risco de SHO.

Avalie esse artigo:

Estimulação ovariana
Avalie esse artigo:

Compartilhe:

Tags:

Categorias:


ÚLTIMAS DO BLOG Ver todos os posts
O que é e para que serve a histeroscopia diagnóstica?

O que é e para que serve a histeroscopia diagnóstica?Avalie esse artigo: A histeroscopia diagnóstica tem um nome difícil e, por vezes, vem seguida de apreensão: como é feito o exame? Dói? Por que ele precisa ser feito? Essas são […]

Leia mais

Este post foi visto 32 vez(es).

Você conhece a estimulação ovariana? Entenda mais sobre o assunto!

Você conhece a estimulação ovariana? Entenda mais sobre o assunto!Avalie esse artigo: Ainda cercada de muitas dúvidas e medos — é um procedimento arriscado? Compromete a saúde da mulher? Engorda? E a síndrome da hiperestimulação ovariana, quando acontece? —, a estimulação ovariana […]

Leia mais

Este post foi visto 31 vez(es).

Anticoncepcional de uso contínuo diminui a fertilidade?

Anticoncepcional de uso contínuo diminui a fertilidade?Avalie esse artigo: Muitas mulheres utilizam anticoncepcional de uso contínuo no Brasil. Contudo, muitas delas ainda têm receios sobre a relação desse método com a fertilidade. Em parte, isso ocorre porque os anticoncepcionais evoluíram com o […]

Leia mais

Este post foi visto 25 vez(es).

Faça seu agendamento

Proporcionamos um atendimento exclusivo exatamente como você merece.

AGENDE SUA CONSULTA
ENTRE EM CONTATO

Alguma dúvida sobre fertilidade?
Fale conosco