agendamento de consulta

Histerossalpingografia

Histerossalpingografia

Histerossalpingografia
Avalie esse artigo:

A histerossalpingografia é exame realizado utilizando-se a radiologia (Raio X) após a introdução de contraste no útero. Embora seja utilizado há muito anos, ainda é o método de escolha para avaliação da cavidade uterina e tubas uterinas. Permite a identificação de alterações na cavidade endometrial como má formações, pólipos, miomas e aderências (sinéquias). Com relação às tubas, permite ver a permeabilidade ou não, e se existe a possibilidade de aderências. A grande vantagem desse exame sobre os demais é por não ser invasivo.

Como é realizado o exame?

A Histerossalpingografia utiliza o raio x realizado com contraste, o que permite a visão da cavidade uterina e das trompas. É feita uma sequência de radiografias para avaliar a região depois de ser administrado contraste iodado pelo orifício do colo do útero.

O exame é feito em um momento específico do ciclo: antes da ovulação e após o término da menstruação, normalmente entre os dias 6 e 12 do ciclo menstrual.

Indicações

O procedimento é indicado para pacientes que estejam com dificuldades de engravidar. O principal objetivo do exame é verificar a permeabilidade das trompas. Isso é fundamental para a indicação do melhor tratamento de reprodução assistida para o casal. Pode também identificar possíveis alterações em cavidade uterina.

Análise do útero

E exame e análise do útero através da histerossalpingografia pode dar alterado ou normal.

Resultados com alterações

O exame pode detectar algumas doenças como: miomas submucosos, pólipos endometriais e aderências, que, ao se injetar o contraste, provocam falha de enchimento da cavidade do útero.

Nos casos que apresentam malformação do útero, o exame pode revelar uma cavidade uterina dupla – alteração denominada útero bicorno –, problemas de preenchimento da cavidade uterina ou, ainda, pode mostrar somente metade da cavidade do útero.

Resultados dentro da normalidade

Quando o resultado não apresenta alterações, a cavidade uterina se mostra normal. Além disso, o útero apresenta paredes lisas, comumente em formato triangular com a base virada para cima.

Análise das trompas

E exame e análise das trompas através da histerossalpingografia pode dar alterado ou normal.

Resultados com alterações

Se o contraste tiver dificuldades de circular, se houver obstrução da passagem, dilatação das trompas, ou estas estiverem fixas, considera-se que existe alteração tubária. Essas lesões podem ser resultado de  procedimentos cirúrgicos com posterior aderência, endometriose ou de um processo infeccioso que deixou sequelas.

Resultados dentro da normalidade

Quando não há alterações, a trompa se revela normal, portanto o exame mostra uma imagem linear desde a saída do útero até cerca de dois terços da trompa. Depois disso, há uma discreta dilatação, na qual se vê um plissado longitudinal, seguido de uma dilatação ligeiramente maior precedendo a saída do contraste em direção da cavidade abdominal.

Avalie esse artigo:

Histerossalpingografia
Avalie esse artigo:

Compartilhe:

Tags:

Categorias:


ÚLTIMAS DO BLOG Ver todos os posts
O que é e para que serve a histeroscopia diagnóstica?

O que é e para que serve a histeroscopia diagnóstica?Avalie esse artigo: A histeroscopia diagnóstica tem um nome difícil e, por vezes, vem seguida de apreensão: como é feito o exame? Dói? Por que ele precisa ser feito? Essas são […]

Leia mais

Este post foi visto 32 vez(es).

Você conhece a estimulação ovariana? Entenda mais sobre o assunto!

Você conhece a estimulação ovariana? Entenda mais sobre o assunto!Avalie esse artigo: Ainda cercada de muitas dúvidas e medos — é um procedimento arriscado? Compromete a saúde da mulher? Engorda? E a síndrome da hiperestimulação ovariana, quando acontece? —, a estimulação ovariana […]

Leia mais

Este post foi visto 31 vez(es).

Anticoncepcional de uso contínuo diminui a fertilidade?

Anticoncepcional de uso contínuo diminui a fertilidade?Avalie esse artigo: Muitas mulheres utilizam anticoncepcional de uso contínuo no Brasil. Contudo, muitas delas ainda têm receios sobre a relação desse método com a fertilidade. Em parte, isso ocorre porque os anticoncepcionais evoluíram com o […]

Leia mais

Este post foi visto 25 vez(es).

Faça seu agendamento

Proporcionamos um atendimento exclusivo exatamente como você merece.

AGENDE SUA CONSULTA
ENTRE EM CONTATO

Alguma dúvida sobre fertilidade?
Fale conosco