agendamento de consulta

Histeroscopia

Histeroscopia

A histeroscopia vem sendo utilizada no auxílio diagnóstico em ginecologia desde meados do século XIX. Este método permite a visão direta do canal cervical e da cavidade uterina, permitindo assim a identificação de anomalias anatômicas e funcionais.

É um exame de alta sensibilidade e especificidade, sendo considerado o padrão-ouro.

As alterações mais comuns identificadas são miomas sub mucosos, pólipos, má formações, aderências (sinéquias) e endometrite. A grande vantagem desse método, é permitir o tratamento de diversas alterações no mesmo tempo.

Não existe melhor época para realização do exame.

Na primeira fase do ciclo, devido à menor espessura do endométrio, os óstios tubários podem ser melhor avaliados.

Já na segunda fase – fase secretora – consegue-se uma melhor avaliação da fase funcional do endométrio. No estudo da infertilidade, quando é necessário confirmar imagens obtidas pela histerossalpingografia com concomitante biópsia de endométrio, deve-se realizá-la do 22° ao 24° dia do ciclo.

Na grande maioria das vezes, é realizada com uso de anestésicos locais, sem necessidade de anestesia geral e internação, sendo considerado um procedimento ambulatorial.

Contraindicações a Histeroscopia

As contraindicações absolutas são suspeita de gravidez, presença de doença inflamatória pélvica ativa ou cervicite, além do diagnóstico de carcinoma invasor do colo uterino.

Endometrite isolada e sangramento ativo são contraindicações relativas. No caso de sangramento, apenas troca-se o meio de distensão: utiliza-se um meio líquido.

Possíveis complicações da Histeroscopia

A complicação mais frequente é a dor e o sangramento da endocérvice geralmente se deve à passagem da ótica.

Compartilhe:

Tags:

Categorias:

Comentários:


ÚLTIMAS DO BLOG Ver todos os posts
Vitamina B12: os benefícios para a saúde e fertilidade masculina

A vitamina B12, também chamada de cobalamina ou cianocobalamina, está vinculada ao metabolismo de quase todas as células do corpo humano, pela sua relevante função na síntese de DNA. Muitos estudos revelaram os efeitos da vitamina B12 para a saúde do […]

Leia mais

Este post foi visto 84 vez(es).

Por que a dor de ovulação ocorre?

Uma das reclamações mais comuns das mulheres é a dor da cólica. Esse incômodo é sentido por inúmeras mulheres pelo menos uma vez por mês. Entretanto, você sabia que o que você sempre pensou ser cólica pode ser outra coisa? Uma em cada cinco mulheres […]

Leia mais

Este post foi visto 54 vez(es).

Oligospermia: entenda o que é, as causas e os tratamentos

Quando um casal está tentando engravidar e, após 12 meses, não obtém sucesso, é hora de ambos buscarem por ajuda médica. A responsabilidade da gestação faz com que a mulher pense que a culpa é dela. Já o parceiro, depois de tentar por tanto tempo, questiona […]

Leia mais

Este post foi visto 48 vez(es).

Faça seu agendamento

Proporcionamos um atendimento exclusivo exatamente como você merece.

AGENDE SUA CONSULTA
ENTRE EM CONTATO

Alguma dúvida sobre fertilidade?
Fale conosco