Fechar

Selecione uma unidade para enviar um Whatsapp:

Belo Horizonte - (31) 9979-01109 Juiz de Fora - (32) 98888-2776 Governador Valadares - (33) 98866-1706 Rio de Janeiro - (21) 99566-1850 Manhuaçu - MG - (33) 98855-0015

agendamento de consulta

Unidade Belo Horizonte | +55 (31) 2102-6363

Como identificar a azoospermia?

Como identificar a azoospermia?

Por muito tempo, quando o casal não conseguia ter filhos, a mulher era a única apontada como infértil. Após décadas de pesquisas no campo da medicina reprodutiva, foram descobertas inúmeras condições que provocam infertilidade masculina, como a azoospermia. Hoje, sabe-se que ambos os parceiros precisam passar por investigação diagnóstica diante da dificuldade de reprodução natural.

Inflamações nos órgãos reprodutores, desequilíbrio hormonal, lesões e tumores nos testículos são apenas alguns dentre os diversos problemas que prejudicam as funções reprodutivas do homem. Na longa lista das causas de infertilidade masculina, a azoospermia é um dos quadros que necessita de atenção.

Leia atentamente as informações que reunimos neste texto e entenda o que é azoospermia e como essa condição pode ser identificada!

O que é azoospermia?

Azoospermia significa ausência de espermatozoides no líquido seminal. Homens que apresentam esse problema podem ejacular um volume normal de fluídos, mas sem a presença das células reprodutivas.

É importante diferenciarmos os termos para tornar a explicação mais clara: sêmen, ou esperma, refere-se ao líquido que é ejaculado diante de estimulação sexual; espermatozoides são os gametas masculinos, isto é, células que carregam a composição genética necessária para que ocorra a reprodução.

Em 1 ml de sêmen devem existir pelo menos 15 milhões de espermatozoides, segundo os parâmetros definidos pela Organização Mundial da Saúde (OMS). No entanto, não é possível identificar as células sexuais a olho nu. Somente uma análise microscópica pode confirmar a existência dos gametas no líquido seminal.

A azoospermia é denominada como obstrutiva ou não obstrutiva, de acordo com as causas associadas. O quadro obstrutivo ocorre quando há alguma barreira no caminho que os espermatozoides percorrem no aparelho sexual masculino. Já os casos não obstrutivos estão relacionados a falhas na produção das células reprodutivas.

Quais são as causas e os sintomas da azoospermia?

A azoospermia obstrutiva é resultante de inflamações no trato genital — muitas delas causadas por infecções sexualmente transmissíveis (ISTs) —, bem como de traumas e lesões nos órgãos do aparelho reprodutivo. Tumores e hérnias, anormalidades congênitas e cirurgia de vasectomia também causam as obstruções.

Nos casos de azoospermia não obstrutiva, a origem do problema pode estar em alguma disfunção hormonal. Alterações genéticas e imunológicas, exposição frequente à radiação e tratamentos quimioterápicos são outras possíveis causas. Contudo, uma das possíveis condições que interferem na produção de espermatozoides é a varicocele — doença caracterizada pelo aparecimento de varizes na bolsa testicular, devido a falhas no retorno venoso.

Em relação à sintomatologia, a azoospermia em si não provoca sintomas, mas é possível notar manifestações das doenças associadas, como dor nos testículos, secreção peniana, dificuldades urinárias, entre outros indícios.

Portanto, o sinal mais evidente da azoospermia é a infertilidade masculina. Se não ocorrer uma gravidez dentro de um ano de relações sexuais sem o uso de contraceptivos, o casal é considerado infértil e precisa de acompanhamento médico para descobrir quais fatores estão impedindo a concepção.

Como o problema pode ser identificado?

A principal ferramenta diagnóstica utilizada para identificar a azoospermia é o espermograma. O exame consiste nas análises macroscópica e microscópica de uma amostra de esperma. No primeiro momento, são observadas as características físicas do sêmen, como coloração, volume, densidade e pH.

A investigação microscópica obtém dados sobre a quantidade de espermatozoides existentes — por ml de líquido e na amostra total —, além de avaliar a morfologia e a motilidade dos gametas.

Após identificar a ausência de células reprodutivas no sêmen, ainda é necessário aprofundar a investigação diagnóstica a fim de detectar as condições associadas à azoospermia. Nesse percurso, dosagens hormonais, testes genéticos, ultrassonografia da bolsa escrotal e ressonância magnética da pelve direcionam o diagnóstico final.

Quais são as possibilidades de tratamento?

O tratamento é definido a partir da identificação das causas da azoospermia. Doenças infecciosas, por exemplo, são tratadas com antibióticos. Disfunções hormonais necessitam de medicamentos à base de hormônios. Já a varicocele é corrigida cirurgicamente, dependendo do grau das varizes. Da mesma forma, outras condições dependem de intervenções específicas.

A fim de viabilizar os planos de gravidez do casal, as técnicas de reprodução assistida são alternativas eficazes. Casos de azoospermia se enquadram como fatores graves de infertilidade masculina, sendo a fertilização in vitro (FIV) a técnica mais indicada nessas ocasiões.

Para coletar os espermatozoides, são realizadas técnicas de recuperação espermática, a partir das quais é possível retirar os gametas dos testículos (onde são produzidos) ou dos epidídimos (onde ficam armazenados).

Após a coleta, os espermatozoides passam por preparação seminal e os de melhor qualidade são selecionados para fertilizar os óvulos da parceira do paciente. A fertilização ocorre por meio da injeção intracitoplasmática de espermatozoides (ICSI). Com essa técnica, é possível injetar uma célula masculina dentro de cada ovócito viável para concepção.

Assim, casais diagnosticados com infertilidade devido à azoospermia encontram possibilidades de ter filhos biológicos com a ajuda das técnicas avançadas que complementam a fertilização in vitro.

Para obter outras informações a respeito do tema abordado, leia também nosso texto institucional sobre azoospermia!

Compartilhe:

Se inscrever
Notificação de
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Faça seu agendamento

Proporcionamos um atendimento exclusivo exatamente como você merece.

AGENDE SUA CONSULTA
ENTRE EM CONTATO

Alguma dúvida sobre fertilidade?
Fale conosco

0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x