Fechar
Icone Newsletter
Endometriose | Conheça os sintomas e tratamentos

Garanta o seu e-book grátis sobre endometriose agora e saiba tudo sobre os sintomas e os tratamentos existentes.

Clique aqui e confira mais e-books gratuitos como, Entenda a infertilidade feminina e guia sobre a fertilização in vitro.
Fechar

Selecione uma unidade para enviar um Whatsapp:

Belo Horizonte - (31) 99827-2517 Juiz de Fora - (32) 98888-2776 Governador Valadares - (33) 98866-1706 Rio de Janeiro - (21) 99566-1850

agendamento de consulta

Congelamento de óvulos: quando fazer e como funciona?

Congelamento de óvulos: quando fazer e como funciona?

Na atualidade, é comum que as mulheres optem por ter seus primeiros filhos em uma idade mais avançada, diferentemente do que acontecia antigamente. O crescimento profissional das mulheres e os casamentos mais tardios têm contribuído para esse processo. Por outro lado, sabe-se que a gravidez natural é dificultada com o avançar da idade da mulher, além de aumentarem os riscos de complicações para a mãe e para o bebê. Para que essas dificuldades não prejudiquem os planos de gravidez do casal, o método de congelamento de óvulos tem sido indicado com frequência.

Acompanhe o post de hoje para saber mais sobre o congelamento dos óvulos, como ele funciona e quando é indicado!

O que é o congelamento de óvulos?

O congelamento dos óvulos, também chamado de criopreservação de óvulos, é a técnica de preservação dos óvulos em nitrogênio líquido, por meio de esfriamento ultrarrápido.

Não há um limite de tempo para o uso do óvulo congelado. O que define a sobrevivência do óvulo é a técnica de congelamento utilizada, e não o tempo. Após o procedimento, ele permanece com suas características e não envelhece.

Os óvulos devem ser congelados, de preferência, até a idade de 35 anos. A partir daí, as taxas de fertilidade diminuem consideravelmente e há mais chances de complicações na gravidez e malformações fetais.

Como funciona o procedimento?

Todo processo inicia-se com a estimulação ovariana por medicamentos. Após a ovulação, os folículos ovarianos são aspirados por via vaginal, com a mulher sob anestesia (procedimento semelhante ao realizado em fertilização in vitro). Indica-se que sejam coletados 20 óvulos ou mais.

Os óvulos coletados podem ser congelados por duas técnicas:

  1. Congelamento lento: técnica usada até há alguns anos que reduz a temperatura gradualmente com o objetivo de evitar dano celular ao óvulo. A principal dificuldade é a possibilidade de formação de cristais de gelo no interior da célula, o que pode prejudicar a sua estrutura;
  2. Vitrificação: técnica mais utilizada na atualidade, pois garante melhores resultados. O óvulo recebe soluções de crioprotetores para suportar a redução ultrarrápida da temperatura.

Quando a mulher desejar engravidar, é feito o descongelamento dos óvulos, e a fecundação é feita por fertilização in vitro.

Quando é indicado?

A conservação da fertilidade é um dos principais motivos para a realização do congelamento dos óvulos por mulheres que pretendem engravidar após os 35 anos, mas existem outras indicações:

O congelamento de óvulos é seguro?

O congelamento de óvulos pode ser considerado um procedimento bastante seguro e não há contraindicações para sua aplicação. Os riscos que existem estão associados ao uso dos medicamentos de estimulação ovariana, que podem gerar efeitos e complicações na mulher.

Congelar os óvulos não garante 100% a gravidez no futuro, mas aumenta consideravelmente as chances de sucesso.

É importante ressaltar que uma mulher que congela seus óvulos aos 35 anos e os utiliza aos 40 anos terá a mesma chance de engravidar que uma mulher que tentar a gravidez natural aos 35, que é menor do que a de mulheres mais jovens, com níveis mais altos de fertilidade.

O congelamento de óvulos é mais uma técnica de reprodução assistida que pode ajudar as mulheres que desejam engravidar a realizarem seu sonho, mesmo em idade avançada ou com outras condições que a impediriam.

Você gostou do post de hoje? Então compartilhe ele nas suas redes sociais e ajude seus amigos a também saberem mais do assunto!

Congelamento de óvulos: quando fazer e como funciona?
Avalie esse artigo:

Compartilhe:

Tags:

Categorias:

Deixe um comentário

  Se inscrever  
Notificação de

ÚLTIMA DO BLOG Ver todos os posts
Quais são os principais sintomas do aborto?

Uma em cada seis mulheres sofre aborto espontâneo, uma das complicações mais comuns do primeiro trimestre da gravidez. As causas mais comuns associadas à perda de gravidez são as malformações uterinas e as alterações genéticas. Em uma grande parte das […]

Leia mais
Faça seu agendamento

Proporcionamos um atendimento exclusivo exatamente como você merece.

AGENDE SUA CONSULTA
ENTRE EM CONTATO

Alguma dúvida sobre fertilidade?
Fale conosco