Fechar

Selecione uma unidade para enviar um Whatsapp:

Belo Horizonte - (31) 99650-0786 Juiz de Fora - (32) 98888-2776 Governador Valadares - (33) 98866-1706 Rio de Janeiro - (21) 99566-1850 Manhuaçu - MG - (33) 98855-0015
App StoreGoogle Play

agendamento de consulta

Unidade Belo Horizonte | +55 (31) 2102-6363

Não consigo engravidar: de quem é a culpa?

Não consigo engravidar: de quem é a culpa?

Os casais com grande desejo de terem filhos, ao não conseguirem engravidar, se desesperam diante da possibilidade de infertilidade. A mulher se pergunta diariamente: “por que não consigo engravidar?” e pensa que o problema está nela. Já o homem, diante das tentativas frustradas, pode acreditar que há algo de errado com ele.

A partir desse momento, a culpa e os desentendimentos podem surgir entre o casal, gerando ainda mais instabilidade.

Neste post, vamos abordar o sentimento de culpa entre os parceiros e quais são as orientações dos especialistas para driblar essa fase repleta de dúvidas, medos e inseguranças. Acompanhe!

Entenda a infertilidade

Atualmente, estima-se que 40% dos fatores de infertilidade sejam masculinos, 40% femininos, 10% dos fatores de ambos os indivíduos e 10% de causas desconhecidas. Ou seja, precisamos destacar que os motivos que dificultam ou impedem uma gravidez podem estar presentes tanto nos homens — VaricoceleAzoospermia etc. — quanto nas mulheres — Síndrome dos Ovários Policísticos (SOP), Endometriose, entre outros.

Após um ano de tentativas regulares sem uso de nenhum método contraceptivo, os médicos passam a investigar as possíveis causas de infertilidade. É como se acendesse um “pisca-alerta” indicando que há algo errado impedindo a gravidez.

Mantenha o diálogo

Na fase em que o casal mais precisa se unir, às vezes acontece justamente o contrário: surgem as brigas e as crises conjugais, podendo de fato abalar a relação. Não é raro ver casais que chegam a se separar devido aos constantes desentendimentos por não conseguirem ter um filho.

Estabelecer o diálogo aberto, em que ambos possam falar sobre seus medos e inseguranças, e também ouvir o que o outro tem a dizer, pode facilitar o entendimento e aproximar o casal. Manter essa parceria é fundamental! Receber apoio e incentivo do companheiro, além de fortalecer laços afetivos e dividir as angústias, possibilita mais confiança para superar os momentos difíceis a dois.

Evite o sentimento de culpa

Ter dificuldades para engravidar pode desencadear problemas de autoestima e forte sentimento de impotência. A culpa pode acometer ambos, mas, em geral, é a mulher que carrega mais esse fardo. Seja por uma questão cultural, social e até mesmo por falta de informação, muitos desconhecem que os homens podem apresentar problemas de fertilidade tanto quanto as mulheres.

O mais importante é termos a compreensão de que não há culpados e que esse sentimento de culpa só gera mais angústia e desentendimentos. Esse é o momento de parar de procurar culpados e buscar a solução dos problemas.

Com o avanço da medicina, hoje já existem diversas técnicas e tratamentos disponíveis. Atualmente, é possível detectar não só as causas que estão impedindo a gravidez, mas também oferecer tratamentos de acordo com o caso, considerando as necessidades de cada paciente.

Busque acompanhamento médico especializado

Nós pesquisamos muito sobre o assunto, buscamos novas informações, entramos em contato com conhecidos que passam por essa experiência, e tudo isso é válido. Mas o acompanhamento de médicos especialistas é fundamental não só para a avaliação e diagnóstico, mas também para tirar todas as dúvidas do casal.

Esse é o melhor momento para estabelecer uma relação de confiança com o profissional escolhido, perguntar sobre os procedimentos indicados para cada caso, como são os exames necessários, os tratamentos e previsão de gastos.

Dessa forma, nem sempre a concretização do desejo de ter um filho vem no momento em que nós planejamos, e não saber lidar com essa frustração pode causar abalos emocionais e conjugais. E é tudo o que o casal não quer, não é mesmo? Então, deixe de se culpar ou de culpar o parceiro e busque ajuda especializada.

Depois de ler nosso post “Não consigo engravidar: de quem é a culpa?”, se restou alguma dúvida, ou quiser fazer algum comentário a respeito do assunto, estaremos à disposição para qualquer esclarecimento!

Compartilhe:

Deixe um comentário

  Se inscrever  
Notificação de
Faça seu agendamento

Proporcionamos um atendimento exclusivo exatamente como você merece.

AGENDE SUA CONSULTA
ENTRE EM CONTATO

Alguma dúvida sobre fertilidade?
Fale conosco