Fechar

Selecione uma unidade para enviar um Whatsapp:

Belo Horizonte - (31) 9979-01109 Juiz de Fora - (32) 98888-2776 Governador Valadares - (33) 98866-1706 Rio de Janeiro - (21) 99566-1850 Manhuaçu - MG - (33) 98855-0015

agendamento de consulta

Unidade Belo Horizonte | +55 (31) 2102-6363

Ausência de menstruação (amenorreia) pode ser sinal de infertilidade?

Ausência de menstruação (amenorreia) pode ser sinal de infertilidade?

Menstruação é o evento que marca o início do ciclo menstrual, quando o corpo da mulher é preparado para uma possível gravidez.

O ciclo menstrual inicia no primeiro dia da menstruação e é dividido em três fases – folicular, ovulatória e lútea –, estimuladas pela ação de diferentes hormônios.

Ciclos regulares geralmente têm a duração de 28 dias e, na metade desse período, ocorre a ovulação, indicando a fase mais fértil, quando há maiores chances de engravidar: nessa fase, chamada ovulatória, o óvulo é liberado pelos ovários para ser fecundado pelo espermatozoide.

Qualquer alteração no ciclo menstrual, incluindo mudanças no fluxo menstrual, pode indicar problemas na fertilidade. Por isso, é importante observá-lo, principalmente quando há intenção de engravidar.

Continue a leitura deste texto até o final e saiba o que é amenorreia, o que pode causar o problema, qual a relação com a infertilidade e quando procurar um especialista.

O que é amenorreia e o que pode causá-la?

Amenorreia é o termo que define a ausência de menstruação na puberdade ou durante os anos reprodutivos – período localizado entre a puberdade e a menopausa.

No primeiro caso, é classificada como amenorreia primária: quando a menstruação não ocorre até os 16 anos de idade. Geralmente é consequência de doenças genéticas, como a síndrome de Turner, problemas estruturais, como malformações congênitas (desde o nascimento) dos órgãos reprodutores ou quando há histórico familiar de menstruação tardia. No entanto, é uma condição rara.

Já no segundo caso, é classificada como amenorreia secundária: quando a menstruação não ocorre por três meses consecutivos ou mais. Ainda que não seja uma doença, pode sinalizar para problemas na saúde reprodutiva feminina.

É comum ocorrer amenorreia durante a gravidez, amamentação ou menopausa, ou mesmo quando há o uso contínuo de contraceptivos, incluindo as pílulas: apesar de a menstruação normalmente normalizar após a interrupção, isso também, muitas vezes, demora a acontecer.

Porém, a ausência por mais do que três meses consecutivos pode ser provocada por diferentes condições, desde o estilo de vida, a alterações nos níveis hormonais, por isso, deve ser investigada:

Desequilíbrio hormonal

Diferentes condições médicas podem levam ao desequilíbrio dos hormônios reprodutivos, causando irregularidades menstruais como ciclos mais curtos, fluxo menstrual em maior ou menor intensidade e ausência de menstruação:

Problemas estruturais

Fatores de risco

O estilo de vida, como uma alimentação inadequada, prática excessiva de exercícios físicos e peso corporal, também contribuem para a ocorrência de amenorreia:

Entenda a relação da amenorreia com a infertilidade feminina

A ausência de menstruação é um fator indicativo de distúrbios de ovulação, caracterizados por dificuldades no desenvolvimento, amadurecimento e ruptura do folículo (bolsa que contém o óvulo imaturo).

Ou seja, durante a fase ovulatória do ciclo menstrual, quando o folículo rompe liberando o óvulo (ovulação), esse evento não acontece, assim, não há fecundação e a gravidez não ocorre.

Por isso, é fundamental procurar um especialista se houver a interrupção do fluxo menstrual por três meses consecutivos ou mais. Na maioria das vezes, as condições que provocam amenorreia têm tratamento, assim como é possível obter a gravidez com o auxílio de técnicas de reprodução assistida quando há distúrbios de ovulação.

Em todas elas – relação sexual programada (RSP), inseminação artificial (IA) e fertilização in vitro (FIV) – a primeira etapa é a estimulação ovariana, procedimento que estimula o desenvolvimento e amadurecimento de mais folículos, para obter mais óvulos maduros, aumentando, assim, as chances de a fecundação ser bem-sucedida.

Siga o link e conheça todas as causas de infertilidade feminina.

Compartilhe:

Se inscrever
Notificação de
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Faça seu agendamento

Proporcionamos um atendimento exclusivo exatamente como você merece.

AGENDE SUA CONSULTA
ENTRE EM CONTATO

Alguma dúvida sobre fertilidade?
Fale conosco

0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x