agendamento de consulta

Banco de sêmen: as 7 principais dúvidas respondidas

Banco de sêmen: as 7 principais dúvidas respondidas

Banco de sêmen: as 7 principais dúvidas respondidas
Avalie esse artigo:

Para o casal que apresenta quadro de infertilidade ou vive uma relação homoafetiva, o sonho de ter filhos, muitas vezes, parece algo impossível. No entanto, com os avanços da medicina e as mudanças na legislação, a concepção de um filho está cada dia mais fácil.

Hoje, falaremos sobre o banco de sêmen, que é de fundamental importância em métodos de reprodução assistida e ainda é motivo de dúvidas para a grande maioria das pessoas. Reunimos algumas das principais questões sobre o assunto. Continue a leitura para saber mais sobre os bancos de sêmen.

1. O que é banco de sêmen?

Os bancos de sêmen são instituições que coletam, processam e armazenam esperma humano para auxiliar casais com dificuldades de engravidar. Existem diversos deles espalhados pelo mundo, cada um sujeito à legislação de seu respectivo país.

2. Quem pode ser doador?

No Brasil, a resolução CFM 2168 rege a doação e define que, para ser um doador, é preciso estar saudável, não ser portador de infecções sexualmente transmissíveis, não possuir doenças congênitas ou genéticas e ter disponibilidade para comparecer à instituição para a realização de todos os exames.

Além disso, o homem só pode doar até a idade de 50 anos.

3. Quem pode utilizar esse recurso?

Quatro grupos podem recorrer ao banco de sêmen, desde que o intuito seja a reprodução sem fins comerciais ou lucrativos:

4. Para a realização de quais procedimentos é possível recorrer ao banco de sêmen?

O banco de sêmen pode ser utilizado para possibilitar a realização de procedimentos de reprodução assistida, como a fertilização in vitro (FIV) e a inseminação artificial nos casos citados acima.

5. Quais as características do banco de sêmen brasileiro?

No Brasil, o anonimato é uma regra. Dessa forma, quem procura o banco de sêmen não tem acesso à identidade civil do doador e vice-versa. Para auxiliar os futuros pais na escolha do sêmen, algumas características, como a ficha médica do doador, altura, cor dos olhos, cor do cabelo, cor da pele, altura, são fornecidas.

6. Quais são os riscos?

Para o doador, não há risco algum e, para a receptora, os riscos são aqueles decorrentes do método de reprodução assistida indicado. Hoje, com todos os recursos de que a medicina dispõe, esses riscos são baixos.

7. O custo é muito alto?

Devido à grande popularidade dos tratamentos de infertilidade, os custos estão cada vez menores. Assim, é possível realizar o sonho de ter filhos sem grandes dificuldades financeiras. Vale ressaltar que, apesar da doação do material biológico ser voluntária, as técnicas que o utilizam não são.

Agora que você já sabe mais sobre o banco de sêmen, se você sofre de algum problema de infertilidade, não hesite em contatar-nos. Oferecemos um atendimento ético, responsável e de qualidade, que permitirá a realização do seu sonho!

Avalie essa postagem:

Banco de sêmen: as 7 principais dúvidas respondidas
Avalie esse artigo:

Compartilhe:

Tags:

Categorias:


ÚLTIMAS DO BLOG Ver todos os posts
O que é e para que serve a histeroscopia diagnóstica?

O que é e para que serve a histeroscopia diagnóstica?Avalie esse artigo: A histeroscopia diagnóstica tem um nome difícil e, por vezes, vem seguida de apreensão: como é feito o exame? Dói? Por que ele precisa ser feito? Essas são […]

Leia mais

Este post foi visto 32 vez(es).

Você conhece a estimulação ovariana? Entenda mais sobre o assunto!

Você conhece a estimulação ovariana? Entenda mais sobre o assunto!Avalie esse artigo: Ainda cercada de muitas dúvidas e medos — é um procedimento arriscado? Compromete a saúde da mulher? Engorda? E a síndrome da hiperestimulação ovariana, quando acontece? —, a estimulação ovariana […]

Leia mais

Este post foi visto 31 vez(es).

Anticoncepcional de uso contínuo diminui a fertilidade?

Anticoncepcional de uso contínuo diminui a fertilidade?Avalie esse artigo: Muitas mulheres utilizam anticoncepcional de uso contínuo no Brasil. Contudo, muitas delas ainda têm receios sobre a relação desse método com a fertilidade. Em parte, isso ocorre porque os anticoncepcionais evoluíram com o […]

Leia mais

Este post foi visto 25 vez(es).

Faça seu agendamento

Proporcionamos um atendimento exclusivo exatamente como você merece.

AGENDE SUA CONSULTA
ENTRE EM CONTATO

Alguma dúvida sobre fertilidade?
Fale conosco