agendamento de consulta

Unidade Belo Horizonte | +55 (31) 2102-6363

Endometriose e obstrução das tubas uterinas

Endometriose e obstrução das tubas uterinas

A fertilidade feminina depende de vários fatores, principalmente que os órgãos reprodutores estejam em condições adequadas. Alterações anatômicas e funcionais afetam o processo reprodutivo em alguma etapa. Isso acontece, por exemplo, nos casos de endometriose e obstrução das tubas uterinas.

Antigamente também chamadas de trompas de falópio, as tubas uterinas são fundamentais para a concepção espontânea. É nesse órgão que o óvulo é fecundado. Também é a motilidade tubária que permite o transporte do embrião para o útero. Sendo assim, a obstrução das tubas é um dos fatores determinantes da infertilidade feminina.

Este post vai apresentar mais informações sobre as trompas e sua função na fertilidade. Continue a leitura e veja também de que forma a endometriose causa obstrução das tubas uterinas e como essa condição pode ser tratada para que a mulher consiga engravidar.

O que são as tubas uterinas?

As tubas são órgãos anexos ao útero. De um lado, se comunicam diretamente com a cavidade uterina, enquanto a extremidade distal se aproxima dos ovários. São tubos de aproximadamente 10 a 12 cm que se localizam nas laterais da parte superior do útero.

As trompas apresentam 4 partes: intramural, istmo, ampola e infundíbulo. A porção intramural é a parte uterina, onde está o orifício comunicante chamado de óstio tubário. O istmo é a porção menos calibrosa que sai do útero e se estende até a ampola, que, por sua vez, é a parte mais dilatada da tuba, onde ocorre a fecundação.

A porção mais distal da tuba é chamada de infundíbulo. Em sua extremidade, há um rebordo irregular que adquire o aspecto de franjas — são as fímbrias tubárias, as quais se movimentam para captar o óvulo quando ele é liberado do ovário.

As tubas uterinas são formadas por 4 camadas de tecidos. Da parte externa para a mais profunda, são: a túnica serosa, a tela subserosa, a túnica muscular e a mucosa. A camada muscular é composta por fibras de musculatura lisa que permitem os movimentos peristálticos para transportar o óvulo até o útero.

O que é endometriose?

A endometriose é uma doença pélvica que provoca processos inflamatórios localizados em diferentes órgãos. Isso acontece devido à presença de tecido endometrial, semelhante ao que reveste o útero por dentro, em locais extrauterinos.

Os implantes de tecido endometriótico são principalmente encontrados no peritônio pélvico, nas tubas uterinas, nos ovários e nos ligamentos que sustentam o útero. Órgãos importantes como intestino, bexiga e ureteres também são afetados na endometriose infiltrativa profunda, que é a forma mais grave da doença.

Além da endometriose profunda, a patologia é classificada em outros dois tipos: peritoneal superficial e ovariana. Não raro, a portadora apresenta lesões concomitantes de diferentes tipos, isto é, superficiais, ovarianas e profundas.

Como a endometriose pode obstruir as tubas uterinas?

A endometriose provoca obstrução das tubas uterinas quando os fragmentos de endométrio se implantam no interior da tuba ou por compressão causada por aderências. A presença desse tecido em si já pode reduzir a permeabilidade tubária, dificultando a migração dos espermatozoides e o transporte do óvulo/embrião. Além disso, a inflamação local gera aderências que ocluem ainda mais as trompas.

São chamadas de aderências as formações de tecido cicatricial que surgem a partir das reações inflamatórias. Dependendo da gravidade dessas cicatrizes, pode ocorrer não somente a obstrução das tubas uterinas, como também a distorção anatômica do órgão, impedindo a captação do óvulo.

Outro problema relacionado à obstrução tubária é a gravidez ectópica. Como não consegue chegar à cavidade uterina, caso o óvulo seja fecundado ele pode se implantar na própria tuba. No entanto, essa gestação não tem as condições necessárias para evoluir e pode, inclusive, colocar a vida da mulher em risco se houver ruptura e hemorragia.

Ainda, outros mecanismos fisiopatológicos da endometriose afetam as funções reprodutivas de modo geral. Por exemplo, a inflamação peritoneal aumenta a liberação de citocinas que prejudicam a migração dos espermatozoides. O desenvolvimento e a qualidade do óvulo também são afetados, assim como a interação espermatozoide-óvulo no momento da fertilização.

Como tratar a obstrução tubária?

Pacientes com endometriose e obstrução das tubas uterinas podem ter indicação de tratamento cirúrgico por videolaparoscopia, sendo a reprodução assistida a primeira escolha. Com a cirurgia, é feita a remoção do tecido endometriótico e das aderências que obstruem e distorcem as tubas, restaurando a anatomia e a função do órgão.

Contudo, nem sempre é possível recuperar a fertilidade espontânea da mulher. Isso depende também de outros fatores, como idade da paciente e estado da reserva ovariana. Além disso, em casos específicos, se as tubas estiverem severamente danificadas, pode ser preciso realizar uma salpingectomia (cirurgia para retirada da trompa).

Mulheres com obstrução das tubas uterinas por endometriose, infecções ou outras causas podem tentar a gravidez com a fertilização in vitro (FIV), técnica de alta complexidade da reprodução assistida.

Na FIV, as tubas uterinas não participam do processo reprodutivo como na concepção natural. Os óvulos são coletados e fertilizados em laboratório e, após alguns dias de desenvolvimento, os embriões são transferidos diretamente para a cavidade do útero, onde devem se implantar.

Portanto, na FIV, o óvulo não é fecundado na trompa e não depende da permeabilidade e da motilidade tubária para chegar ao útero, sendo essa uma alternativa importante de tratamento para mulheres que ficaram inférteis em razão de endometriose e obstrução das tubas uterinas.

Conheça também as causas, os sintomas e as formas de diagnóstico e tratamento dessa doença em nosso texto principal sobre endometriose!

Compartilhe:

Se inscrever
Notificação de
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Faça seu agendamento

Proporcionamos um atendimento exclusivo exatamente como você merece.

AGENDE SUA CONSULTA
ENTRE EM CONTATO

Alguma dúvida sobre fertilidade?
Fale conosco

0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x