Fechar
Icone Newsletter
Endometriose | Conheça os sintomas e tratamentos

Garanta o seu e-book grátis sobre endometriose agora e saiba tudo sobre os sintomas e os tratamentos existentes.

Clique aqui e confira mais e-books gratuitos como, Entenda a infertilidade feminina e guia sobre a fertilização in vitro.
Fechar

Selecione uma unidade para enviar um Whatsapp:

Belo Horizonte - (31) 99827-2517 Juiz de Fora - (32) 98888-2776 Governador Valadares - (33) 98866-1706 Rio de Janeiro - (21) 99566-1850

agendamento de consulta

Entenda como funcionam as fases da vida reprodutiva feminina

Entenda como funcionam as fases da vida reprodutiva feminina

A mulher passa por diversas fases reprodutivas durante a vida, da infância até a idade adulta. Entretanto, nem todas sabem como funcionam esses ciclos. E é para tirar essas dúvidas que elaboramos o texto de hoje.

Confira a seguir como funcionam as fases da vida reprodutiva feminina, quais são as características de cada uma delas e as chances de gravidez para cada período.

Menarca

A primeira menstruação (menarca) é o fim da infância (puberdade) e um dos períodos mais marcantes da vida reprodutiva feminina.

Não existe uma idade fixa para que ela aconteça, mas varia dos 10 aos 15 anos.

A menstruação dura em torno de 3 a 8 dias. Os ciclos podem ser irregulares no início, mas normalizam com o passar do tempo, após o amadurecimento do eixo hormonal.

Nessa fase, ocorrem inúmeras mudanças no corpo feminino, já que tem início a produção de hormônios pelos ovários (estrogênio e progesterona). Essas alterações podem ser visíveis ainda na puberdade: estirão de crescimento, aumento dos quadris, aparecimento de pelos pubianos e desenvolvimento das mamas.

A primeira menstruação indica que a adolescente está ovulando, por isso já é possível engravidar.

Menacme

É o período em que a mulher se encontra em idade fértil. Inicia-se com a puberdade e vai até a menopausa.

Nessa fase da vida, a mulher pode ficar grávida e, quanto mais cedo, maior a chance de gravidez. O declínio da chance ocorre depois dos 35 anos de idade.

Climatério

É o período de transição do período fértil para o período não reprodutivo. A primeira fase do climatério ocorre a partir dos 40 anos, quando o ciclo menstrual reduz, embora o fluxo possa ser abundante. A segunda fase ocorre por volta dos 50 anos; nessa etapa, o ciclo fica mais longo, e o fluxo, bem menor. É nessa fase que as ondas de calor e a irritabilidade começam a surgir.

Durante o climatério, a mulher também pode ganhar peso, por isso é importante manter hábitos saudáveis durante toda a vida para evitar ganhar muito peso nessa fase.

Todas essas mudanças ocorrem por causa do estrógeno. A produção desse hormônio pelos óvulos é drasticamente reduzida durante a fase de transição. A ausência do estrógeno é a responsável pelas ondas de calor, alteração da libido e perda de massa óssea, o que aumenta o risco de osteoporose.

Na fase do climatério, ocorrem ciclos menstruais irregulares, por isso existe uma pequena chance de engravidar. Para se ter uma ideia, até os 35 anos de idade, as chances de gravidez são de 85% por ano. Dos 40 aos 44 anos, quando tem início o climatério, esse índice pode cair para 10% a 15%.

Perimenopausa (45-50 anos)

Ocorre de 2 a 3 anos antes da última menstruação. Nessa fase surgem ondas de calor, transpiração intensa, dificuldade para dormir e irritabilidade.

Menopausa

A menopausa é outra importante fase na vida de uma mulher. Ela marca o fim da menstruação e da ovulação, portanto já não é possível engravidar naturalmente.

A menopausa é definida pela última menstruação e por isso é conhecida retrospectivamente, depois de 12 meses. Assim, é a última menstruação.

Pós-menopausa (48-65 anos)

Desencadeia alterações significativas no organismo da mulher, como perda da libido, maior propensão a infecções urinárias, aumento do risco de câncer de mama, osteoporose, doenças cardíacas e depressão.

Muitas mulheres optam pela reposição hormonal para suprir a falta do estrogênio e diminuir os efeitos dessa ausência brusca no corpo. Entretanto, é fundamental procurar a orientação de um ginecologista para verificar as melhores condições da terapia hormonal durante o climatério e a menopausa.

Como você pôde perceber, a fertilidade feminina envolve diversas fases que ocorrem durante toda a vida da mulher. E a manutenção de uma vida equilibrada, aliando alimentação saudável e exercícios físicos, é fundamental para manter a saúde em dia e passar por essas fases com mais qualidade de vida.

Agora que você já sabe como funciona a fertilidade feminina, leia um post sobre ovários policísticos e tire as suas dúvidas!

Entenda como funcionam as fases da vida reprodutiva feminina
4 (80%) 1 voto

Compartilhe:

Tags:

Categorias:

Deixe um comentário

  Se inscrever  
Notificação de

ÚLTIMA DO BLOG Ver todos os posts
Quais são os principais sintomas do aborto?

Uma em cada seis mulheres sofre aborto espontâneo, uma das complicações mais comuns do primeiro trimestre da gravidez. As causas mais comuns associadas à perda de gravidez são as malformações uterinas e as alterações genéticas. Em uma grande parte das […]

Leia mais
Faça seu agendamento

Proporcionamos um atendimento exclusivo exatamente como você merece.

AGENDE SUA CONSULTA
ENTRE EM CONTATO

Alguma dúvida sobre fertilidade?
Fale conosco