Fechar
Icone Newsletter
Endometriose | Conheça os sintomas e tratamentos

Garanta o seu e-book grátis sobre endometriose agora e saiba tudo sobre os sintomas e os tratamentos existentes.

Clique aqui e confira mais e-books gratuitos como, Entenda a infertilidade feminina e guia sobre a fertilização in vitro.
Fechar

Selecione uma unidade para enviar um Whatsapp:

Belo Horizonte - (31) 99827-2517 Juiz de Fora - (32) 98888-2776 Governador Valadares - (33) 98866-1706 Rio de Janeiro - (21) 99566-1850

agendamento de consulta

Coito Programado: entenda mais sobre esse tratamento de infertilidade

Coito Programado: entenda mais sobre esse tratamento de infertilidade

O coito programado é um tratamento de infertilidade que tem por objetivo estimular a ovulação para obter mais folículos e óvulos e orientar o casal o melhor momento para ter relação sexual. No Brasil, é realizado desde a década de 1970.

Essa estimulação dos ovários, como também é chamada, é um dos métodos menos complexos para o casal em idade reprodutiva que precisa de tratamento para infertilidade.

Entenda mais sobre esse método de fertilização e tire todas as suas dúvidas no post a seguir!

Entenda o que é e como funciona o coito programado

Inicialmente realiza-se a estimulação dos ovários para que ocorra o crescimento de mais de um folículo (2 a 3). Essa estimulação é feita com hormônios e é iniciada nos primeiros dias da menstruação. O acompanhamento da resposta ovariana é feito por ultrassonografia. Com isso, podemos identificar o número de folículos e o seu tamanho.

Quando os folículos atingem o tamanho adequado (em torno de 17 mm), administramos outro hormônio, que irá desencadear a ovulação, isto é, a rotura do folículo para liberação do óvulo.

Com isso, saberemos o momento da ovulação e indicamos o melhor momento para a relação sexual, isto é, coito programado.

Um novo ultrassom é feito três dias depois, para confirmar a ovulação, e, em alguns casos, a mulher deve usar o hormônio progesterona.

O teste de gravidez deverá ser feito duas semanas depois da ovulação.

O coito programado divide-se basicamente em três etapas: indução da ovulação, identificação do período fértil e a relação sexual no período fértil.

Veja como funciona o uso da medicação e seus efeitos adversos

A medicação utilizada no coito programado pode ser oral ou injetável, que é usada por 5 dias consecutivos.

Dois dias após o uso dos hormônios, realizamos o primeiro ultrassom para acompanhamento do crescimento dos folículos.

Quanto aos efeitos adversos da medicação, é comum que a mulher sinta desconforto na região do abdômen, inchaços e dores nas mamas, bem como irritabilidade. Mas, vale ressaltar, esses medicamentos são administrados por um curto período de tempo.

Saiba qual é a duração do tratamento

Com a medicação, o tratamento pode durar até 15 dias, considerando o início da medicação (feita no segundo ou terceiro dia do ciclo menstrual) até o dia da relação sexual programada. Depois de 15 dias, a mulher poderá realizar o teste de gravidez. Caso o resultado seja negativo, o tratamento é retomado no próximo período menstrual.

De modo geral, são feitas 3 tentativas de coito programado, se o casal não tiver sucesso. Se não houver êxito em nenhumas delas, outros tratamentos são indicados.

Preparação do coito programado e para quem ele é indicado

Assim como todo método de tratamento para infertilidade, antes de iniciar o coito programado é importante realizar exames para confirmar que as trompas estão pérvias (não obstruídas) e se o sêmen, o útero e os hormônios estejam normais.

O coito programado é uma técnica de baixa complexidade, bastante consagrada, sendo realizada há mais de 50 anos. A chance de gravidez está em torno de 15% por mês, por isso é indicado para mulheres com idade menor que 35 anos.

Gostou do post de hoje? Então nos acompanhe também nas redes sociais para ficar sempre por dentro de diversos assuntos. Nós estamos no FacebookGoogle Plus e Instagram!

Coito Programado: entenda mais sobre esse tratamento de infertilidade
Avalie esse artigo:

Compartilhe:

Tags:

Categorias:

Deixe um comentário

  Se inscrever  
Notificação de

ÚLTIMA DO BLOG Ver todos os posts
Quais são os principais sintomas do aborto?

Uma em cada seis mulheres sofre aborto espontâneo, uma das complicações mais comuns do primeiro trimestre da gravidez. As causas mais comuns associadas à perda de gravidez são as malformações uterinas e as alterações genéticas. Em uma grande parte das […]

Leia mais
Faça seu agendamento

Proporcionamos um atendimento exclusivo exatamente como você merece.

AGENDE SUA CONSULTA
ENTRE EM CONTATO

Alguma dúvida sobre fertilidade?
Fale conosco