agendamento de consulta

É possível identificar a gravidez pela temperatura basal?

É possível identificar a gravidez pela temperatura basal?

O sonho de engravidar está presente na vida de muitos casais, e muitas mulheres se preparam por um bom tempo para o momento de ser mãe. O que muitas pessoas não sabem é que existem vários indícios que essa gravidez tão esperada possa ter chegado.

A gravidez pode ser identificada por meio de testes, como o Beta-hCG e o exame de farmácia, mas também é possível descobrir se a mulher está grávida ou não por meio das mudanças na temperatura basal.

Neste texto, vamos explicar como isso acontece. Quer saber mais sobre o assunto? Então acompanhe com a gente!

O que é a aferição da temperatura basal e como fazê-la

O método de aferição da temperatura basal não é muito conhecido no Brasil, mas é bastante utilizado em diversos países. Ele é realizado por meio da medição da temperatura pela boca, utilizando um termômetro comum na hora em que a mulher acorda.

É importante que a mulher não se movimente muito e faça a aferição antes mesmo de se levantar. Além disso, as medições devem ser realizadas no mesmo horário, criando uma rotina com um gráfico.

Por que essa variação de temperatura é importante

O corpo da mulher naturalmente passa por uma série de fases hormonais nos períodos de ciclo menstrual. A primeira fase ocorre quando acaba a menstruação, e então acontece um aumento de um hormônio chamado estrógeno.

A função desse hormônio é promover o crescimento dos folículos, para que posteriormente ocorra a ovulação. Quando inicia a segunda fase, o papel principal é da progesterona, que se torna responsável por manter o endométrio nutrido e preparado para acolher o embrião.

É aí que entra o papel da aferição de temperatura. A progesterona promove um aumento na temperatura corporal. Desse modo, se você fizer um monitoramento diário da temperatura do seu corpo, é possível perceber o aumento da temperatura e assim concluir que houve a produção da progesterona, que, por sua vez, só ocorre após a ovulação.

Como a gravidez é vista no gráfico de temperatura

Nos gráficos de temperatura, no período logo após a ovulação ocorre um aumento da temperatura, que começa a subir. Isso mostra que é provável que a ovulação tenha ocorrido e a progesterona já esteja preparando o endométrio.

Quando ocorre a gravidez, ou seja, ocorre a nidação do embrião no endométrio, a temperatura se mantém elevada, pois a produção de progesterona irá persistir.

Lembre-se sempre de que o ideal para ter certeza da gravidez é realizar um exame laboratorial atestando os níveis de Beta-hCG, mas o método da temperatura basal pode te dar uma boa ideia de todo o processo e te fazer conhecer ainda mais o seu corpo.

Compartilhe:

Tags:

Categorias:

Comentários:


ÚLTIMAS DO BLOG Ver todos os posts
Vitamina B12: os benefícios para a saúde e fertilidade masculina

A vitamina B12, também chamada de cobalamina ou cianocobalamina, está vinculada ao metabolismo de quase todas as células do corpo humano, pela sua relevante função na síntese de DNA. Muitos estudos revelaram os efeitos da vitamina B12 para a saúde do […]

Leia mais

Este post foi visto 84 vez(es).

Por que a dor de ovulação ocorre?

Uma das reclamações mais comuns das mulheres é a dor da cólica. Esse incômodo é sentido por inúmeras mulheres pelo menos uma vez por mês. Entretanto, você sabia que o que você sempre pensou ser cólica pode ser outra coisa? Uma em cada cinco mulheres […]

Leia mais

Este post foi visto 54 vez(es).

Oligospermia: entenda o que é, as causas e os tratamentos

Quando um casal está tentando engravidar e, após 12 meses, não obtém sucesso, é hora de ambos buscarem por ajuda médica. A responsabilidade da gestação faz com que a mulher pense que a culpa é dela. Já o parceiro, depois de tentar por tanto tempo, questiona […]

Leia mais

Este post foi visto 48 vez(es).

Faça seu agendamento

Proporcionamos um atendimento exclusivo exatamente como você merece.

AGENDE SUA CONSULTA
ENTRE EM CONTATO

Alguma dúvida sobre fertilidade?
Fale conosco