Fechar

Selecione uma unidade para enviar um Whatsapp:

Belo Horizonte - (31) 9979-01109 Juiz de Fora - (32) 98888-2776 Governador Valadares - (33) 98866-1706 Rio de Janeiro - (21) 99566-1850 Manhuaçu - MG - (33) 98855-0015

agendamento de consulta

Unidade Belo Horizonte | +55 (31) 2102-6363

Gravidez com útero bicorno: conheça as condições e cuidados

Gravidez com útero bicorno: conheça as condições e cuidados

Os exames feitos como preparação para gravidez podem trazer resultados inesperados, como o diagnóstico de útero bicorno. Essa é uma das malformações uterinas mais frequentes, e sua incidência varia entre as mulheres férteis e inférteis.

Na maior parte das vezes, esse diagnóstico ocorre após abortos espontâneos repetidos. Porém, em alguns casos, o útero bicorno pode ser observado em um exame de rotina.

No momento de sua descoberta, surgem dúvidas, como: o quanto isso pode afetar a possibilidade de ter filhos? Quais são os tratamentos indicados para esse caso?

Vamos esclarecer algumas dessas dúvidas e fornecer informações para que você possa entender melhor o que é e quais as consequências do útero bicorno para a sua saúde.

Causas da formação do útero bicorno

Os órgãos reprodutivos internos formam-se na menina após a 9ª semana da gestação, a partir da fusão dos ductos de Müller. Um útero normal tem o formato de uma pera, que se liga às tubas uterinas dos dois lados e desemboca no canal vaginal.

Porém, esse processo pode não ocorrer corretamente. Os distúrbios na formação uterina ocorrem em aproximadamente de 2% a 7% das mulheres e podem produzir:

Diagnóstico do útero bicorno

Queixas de fortes cólicas menstruais, sangramento muito intenso, abortos repetidos e infertilidade podem estar ligados a essa malformação. Contudo, muitas mulheres não apresentam sintomas.

histerossalpingografia pode indicar ao médico que há problemas na formação uterina. O diagnóstico definitivo é feito pela histeroscopia. Outros exames de imagem, como a ultrassonografia 3D e a ressonância magnética (RM), também podem ajudar no diagnóstico.

Consequências para a fertilidade

Em geral, os dois cornos desse tipo de útero não têm o mesmo tamanho. Apesar de a implantação do embrião ocorrer normalmente, existe um aumento do risco de ele não se desenvolver, levando a um aborto. O útero bicorno não é a única causa de abortos espontâneos, mas é uma das mais importantes.

Contudo, é no lado maior do útero que estão as maiores chances de desenvolvimento, mesmo que nesse lado o espaço seja insuficiente e o feto tenha dificuldade em crescer para que chegue até o final da gestação. Também será mais difícil a movimentação e o encaixe para o parto.

Em casos raros, pode ocorrer a ruptura da parede do útero conforme a gestação avança devido à pouca capacidade de o músculo uterino se distender.

No entanto, o útero bicorno é considerado um complicador na gestação e no parto, mas não um impedimento. Há relatos de mulheres cuja gravidez e trabalho de parto dão-se normalmente.

Cuidados da gestante com útero bicorno

Um estudo detalhado da condição do útero antes da gravidez é aconselhável. Por meio dos exames, é possível verificar se o canal vaginal é muito curto ou se a capacidade de distensão da parede uterina é baixa. Esses são fatores que levam a complicações na gravidez.

Por se tratar de uma gravidez considerada de risco, no caso da portadora de um útero bicorno, o acompanhamento médico com uma equipe especializada é fundamental para a segurança da mãe e do bebê.

Gostou do artigo? Siga-nos nas redes sociais para se manter sempre informada sobre novos conteúdos. Estamos no FacebookInstagramGoogle + e Whatsapp.

Compartilhe:

Se inscrever
Notificação de
29 Comentários
mais antigo
o mais novo mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
Drielle
2 anos atrás

Tenho útero bicorno Estou tendo sagramento e cólicas no lado esquerdo do útero onde não está ó bebê e normal? Pós estou preocupada pôs a 1 ano e pouco atrás tive um aborto espontâneo

Clínica Origen
1 ano atrás
Reply to  Drielle

Drielle, por ser uma gravidez em útero bicorno você precisa de um cuidado especial e acompanhamento médico, não podemos passar um diagnóstico apenas pelo seu relato. Sempre relate tudo ao seu ginecologista.

Andreza
2 anos atrás

É normal a mulher grávida sentir dor ela tem útero bicorno

Clínica Origen
1 ano atrás
Reply to  Andreza

Andreza, tudo bem? Sentir dor não é normal, você precisa de um especialista acompanhando a gestação de perto.

Jaqueline
1 ano atrás

Tive um aborto retido às 2 meses atrás,foi feito uma curetagem e após a curetagem foi feito uma ultrassonografia para garantir que estava tudo certo, então com meu útero limpo foi possível ver que meu útero é bicorno..a médica que fez a minha curetagem me pediu três meses para tentar uma nova gestação, desde a curetagem eu não menstruei mais, e me disseram que é normal ficar até 3 meses sem menstruação, hoje com 2 meses e alguns dias sem menstruar e com alguns sintomas de gravidez fiz um exame e deu positivo para gravidez.. estava pesquisando sobre gravidez com… Ler mais »

Clínica Origen
1 ano atrás
Reply to  Jaqueline

Olá, Jaqueline! Faça o acompanhamento adequado e tome os devidos cuidados que você e seu bebê ficarão bem! 🙂

MARCELI
1 ano atrás
Reply to  Jaqueline

OI JAQUELINE , COMIGO ACONTECEU O MESMO CASO E ESTOU COM 10 SEMANA, E VC COMO ESTA A GRAVIDEZ? JA TEVE O BEBE?

Leidiane Batista
1 ano atrás
Reply to  MARCELI

Descobri que tinha útero bicorno com 22 anos,engravidei aos 31 anos,,não comentei com minha médica pq não me lembrava do problema…
O bebê ficou na posição transverso durante toda gravidez…tive q fazer cesárea com 39 semanas…o bebê teve asfixia grave ao nascer,,mas os médicos não me explicaram o motivo.
Meu bebê ficou na UTI por 5 dias…E hj está com 1 ano e sete meses,saudável e sem sequelas…
Ainda desconfio q o problema do útero bicorno tenha relação com tudo q aconteceu.

Sofia
1 ano atrás

Leidiane, e correu tudo bem na gravidez? Não teve descolamento de saco gestacional?
Eu também tenho utero bicorno mas estou com 41 anos. Que cuidados vc teve?

Ellen Amin
1 ano atrás
Reply to  Jaqueline

Meu utero é bicorno, tive uma gravidez gemelar 1 em cada cavidade… Comb2 meses e meio perdi um abortei espontaneamente… Dai meu medico viu que ficou o outro mas eu teria novamente um aborto logo com 30 dias, pois nao me enviou pro pré natal…. Mas pedi o encaminhamento pro pre – Natal pq precisava ir para as reunioes de controle natalinos para poder fazer a laqueadura… Mas para minha surpresa nao abortei e meu filho nasceu de 8 meses

Sofia
1 ano atrás
Reply to  Ellen Amin

E que cuidados vc teve?

Elisângela Martins
9 meses atrás
Reply to  Jaqueline

Oi Jaqueline, tudo bem?
Pesquisando aqui sobre útero bicorno vi aqui sua história. Estou grávida de 9 semanas, e tenho útero bicorno. Estou com tanto medo de perder meu bebê.
Sua gestação foi normal ? Gostaria de saber se vc e seu bebê estão bem?

Ivania Patricia Gonzaga
1 ano atrás

Descobrir q tenhoum útero bicorno mais graças a Deus eu conseguir engravidar e ter um filho lindo e saudável. Ele é minha grande alegria

Sofia
1 ano atrás

Que cuidados vc teve? Nasceu com quantas semanas?

Jéssica
1 ano atrás

Boa tarde, também tenho útero bicorno,no caso de uma gravidez seria necessário ficar de repouso a gravidez toda?
Desde já gradeço.

Editor
Rafael
1 ano atrás
Reply to  Jéssica

Olá Jéssica, tudo bem?!
Cada vaso deve ser avaliado individualmente.
Não é possível haver uma generalização nestes casos.
Converse com seu ginecologista para entender melhor todas as possibilidades.

Muito obrigada

Vi
10 meses atrás
Reply to  Jéssica

Eu descobri agora que tenho útero bicorno, e já tenho um casal (um de 18, e uma de 13 )e nunca tive problemas nas minhas gestações…

Moana
1 ano atrás

Tenho o útero bicorno, descobri aos 19 anos de idade, até aí não me importei porque era jovem e não pensava em filhos. Mas depois que me casei tive um aborto espontâneo completo em casa com 15 dias de gestação, e outro agora retido a três semanas atrás. Estava de 10 semanas indo para a 11 quando tive um sangramento vermelho de sujar o papel quando fazia xixi apenas, no outro dia só sujava de marrom, não tive dores nem nada, foi tudo muito silencioso, e se dependesse da “competência” da minha médica eu iria ficar em casa, porque para… Ler mais »

Fernanda
1 ano atrás

Gostaria de saber qual a época mais arriscada para um aborto para quem tem utero bicorno (se é no primeiro segundo ou terceiro trimestre)

Editor
Rafael
1 ano atrás
Reply to  Fernanda

Olá Fernanda tudo bem?!
Os 3 primeiros meses de gestação são sempre mais delicados, seja em qualquer tipo de gestação, e os cuidados habituais sempre devem ser considerados.
Para a gestação em pacientes com útero bicorno o acompanhamento pré-natal deve ser feito e seguido as orientações de seu médico ginecologista.
É interessante termos atenção e acompanhamento durante toda a gestação.

Fabricia
5 meses atrás
Reply to  Rafael

Tenho útero septado e engravidei normal e o meu bebê foi gerado até os nove meses sem complicações, GRAÇAS À DEUS!🙌 meu parto foi cesariana.

Tamires
9 meses atrás

Já tive 4 abortos só no último que faz 1 ano que descobri o útero bicurno querolar muinto engravidar mais tenho medo de sofrer outra perda não sei uque fazer 😣

Editor
Maisa Moschin
4 meses atrás
Reply to  Tamires

Olá Tamires,

Agende um horario em nossa clinica para melhor avaliação do caso. Os tratamentos adeuados podem ajudar no seu sonho da gravidez.
Ligue em um de nosso telefone ou nos chame no WhatsApp.
(31) 2102-6363
(31) 99650-0786

Rayane
3 meses atrás
Reply to  Maisa Moschin

Onde fica essa clínica?

Editor
Clínica Origen
3 meses atrás
Reply to  Rayane

Olá, Rayane. Temos unidades em Minas Gerais, Bahia e Rio de Janeiro. Para conferir a localização de todas as clínicas, confira: https://origen.com.br/contato/ .

Tatiana Stanko Requena
2 meses atrás

Fui diagnosticada com útero septado,bicorno e didelfo..mais de fato não sei qual tenho..Ja sofri 2 abortos…e meu último médico disse que não tem cirurgia…to arrasada

Editor
Clínica Origen
2 meses atrás

Olá, Tatiana. O útero bicorno é considerado um complicador na gestação e no parto, mas não um impedimento. Procure um especialista em reprodução humana para que a situação do seu sistema reprodutivo seja investigada, e assim ter avaliada suas opções de realizar o sonho da maternidade. Estamos à disposição!

luana Ferreira de lima
1 mês atrás

Eu descobri que tenho útero bicorno aos 14 anos quando eu senti uma cólica terrível ao menstruar pela primeira vez e desde então sempre tives muitas complicações com meus ciclos. Aos 22 anos sofri um aborto espontâneo e os médicos disseram que eu não poderia engravidar por causa da anormalidade do meu útero, hoje estou com 25 anos e estou com 25 semanas de gestação. Desde o momento que eu soube da gravidez o medo tomou conta de mim pq eu não queria passar pela dor de perder mais um filho, porém, corri logo para o médico e estou sendo… Ler mais »

Editor
Clínica Origen
1 mês atrás

Que história emocionante, Luana! É isso aí, sempre importantíssimo realizar acompanhamento médico. Desejamos toda saúde e sorte na sua jornada!

Faça seu agendamento

Proporcionamos um atendimento exclusivo exatamente como você merece.

AGENDE SUA CONSULTA
ENTRE EM CONTATO

Alguma dúvida sobre fertilidade?
Fale conosco

Comunicado

SARS Cov-2 (COVID 19): vacinas, reprodução assistida e grávidas
• Posição atual conjunta •

03 de fevereiro de 2021

Grandes avanços dos estudos colaborativos incluem hoje pelo menos 85 vacinas pré-clínicas em investigação ativa em animais, 65 em ensaios clínicos em humanos, com 20 vacinas que chegaram aos estágios finais de testagem, sendo 12 já em uso em diferentes países/situações. As principais vacinas disponíveis estão constituidas por partículas de RNA mensageiro (Pfizer-Biontech e Moderna), vírus inativado (CoronaVac,Sinopharma e Covaxin, Bharat Biotech), com adenovirus (Oxford-AstraZeneca, Johnson&Johnson e Sputnik V, Gamaleya).

A pandemia segue, e neste momento a discussão se centraliza no uso das vacinas disponíveis e as pacientes submetidas às técnicas de reprodução assistida, grávidas e populações de risco entre as grávidas.

Nossas sociedades, avaliando também as diretrizes emitidas por sociedades mundiais como a ESHRE, a ASRM, a IFFS e a ACOG (SOGC), consideram que dentro da disponibilidade possível:

1) A vacinação tem efetividade e não induz a risco aumentado de contrair a infecção por Covid 19. Embora ainda não hajam estudos humanos de longo prazo sobre a vacinação contra Covid-19 e gravidez, nenhuma das vacinas contém vírus Sars Cov-2 vivo.

2) Para indivíduos vulneráveis,que apresentam alto risco de infecção e / ou morbidade por COVID-19, dentre os quais estão as grávidas, não receber a vacina supera o risco de ser vacinado, previamente ou durante a gravidez. Inclui-se ainda neste grupo os profissionais de saúde e aqueles outros, de linha de frente, com maior risco de exposição.

3) Não há razão para atrasar as tentativas de gravidez ou tratamentos de reprodução assistida quando de vacina não disponível ou se pacientes fora de grupos de risco.

4) Decisões da utilização (ou não) das vacinas devem ser compartilhadas entre pacientes e médicos, respeitando-se os princípios éticos de autonomia, beneficência e não maleficência.

5) Esta informação sobre vacinas deve ser incluidas como um termo específico em um consentimento informado já existente. Red Latinoamericana de Reproducción Asistida – REDLARA

6) Seguirão atualizações, a cada momento que novos conhecimentos solidifiquem os dados atuais.

  • REDLARA - Red Latinoamericana de Reproducción Asistida
  • SBRA - Sociedade Brasileira de Reprodução Assistida
  • SAMeR - Sociedad Argentina de Medicina Reproductiva
  • AMMR - Asociación Mexicana de Medicina de la Reproducción
  • PRONÚCLEO - Associação Brasileira de Embriologistas em Medicina Reprodutiva
  • SAEC - Sociedad Argentina de Embriología Clínica
  • SOCMER - Sociedad Chilena de Medicina Reproductiva
  • ACCER - Asociación de Centros Colombianos de Reproducción Humana
  • SURH - Sociedad Uruguaya de Reproducción Humana
  • AVEMERE - Asociación Venezolana de Medicina Reproductiva y Embriología

Referências
29
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x